segunda-feira, 25 de junho de 2012

E-mails ligam Demóstenes a laboratório de Cachoeira

Senador Demostenes Torres
Documentos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em poder da CPI do Cachoeira revelam que o gabinete do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) funcionava como uma espécie de central de despachos do laboratório Vitapan, empresa farmacêutica que seria controlada pelo bicheiro Carlinhos Cachoeira. Nesta segunda-feira, o Conselho de Ética do Senado se reúne para votar o processo disciplinar que poderá resultar na cassação de Demóstenes. Os dados comprovam que a equipe do senador enviava e-mails à Anvisa marcando encontros, e que representantes do laboratório usavam a assessoria parlamentar da agência para repassar demandas variadas. Em setembro de 2011, a diretora executiva da Vitapan, Silvia Salermo, encaminhou um e-mail para a funcionária do gabinete do senador Soraia Barros, com um anexo: “Assuntos que gostaríamos de tratar na nossa reunião na Anvisa.” O documento traz uma lista de processos de medicamentos novos ou pendentes. No mesmo dia, a servidora remete a documentação para a Coordenação de Assuntos Parlamentares. Em menos de dois dias, a área técnica da Anvisa encaminha orientações para a assessoria parlamentar sobre os questionamentos do laboratório. Leia mais no R7.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.