Radio Ibinet

A Web Radio que mais cresce no Brasil!!!

Combater a Dengue é um dever de todos ...

“Vamos combater a dengue você é o agente de sua casa

Anuncie sua marca aqui

politicosdeibicarai@hotmail.com

Jornal EXPRESSO DA BAHIA

Em breve em IBICRAÍ, FLORESTA AZUL, SANTA CRUZ DA VITORIA, FIRMINO ALVES, ITABUNA, BARRO PRETO E ILHEUS. O Jornal EXPRESSO DA BAHIA

ANUNCIE AQUI NO BLOG POLÍTICOS DE IBICARAI

Entre em contato: politicosdeibicarai@hotmail.com

segunda-feira, 30 de junho de 2014

À margem da Fifa, time do Kosovo vai oferecer contrato de quatro meses para Suárez

O uruguaio Luis Suárez está proibido de entrar em um estádio ou participar de qualquer atividade futebolística pelos próximos quatro meses
Suárez foi suspenso pela Fifa, mas poderia encontrar um 'asilo' (© Reuters)
Suárez foi suspenso pela Fifa, mas poderia encontrar um 'asilo'
O uruguaio Luis Suárez está proibido de entrar em um estádio ou participar de qualquer atividade futebolística pelos próximos quatro meses. A punição, imposta após a mordida do atacante no zagueiro Chiellini, da Itália, vale para os domínios da Fifa. Ou, seja, praticamente todos os países do mundo. Praticamente.

O Kosovo, território balcânico que é reconhecido parcialmente como país, não está nos quadros da Fifa. A seleção kosovar até disputa jogos, mas apenas em caráter extraoficial.
Seria o Kosovo, então, uma opção para Suárez manter-se ativo até novembro? Para Xhavit Pacolli, diretor do clube Hajvalia Pristina, sim.
"Luis Suárez não pode jogar. Mas como o Kosovo não está reconhecido, acho que ele pode jogar aqui, e já preparei uma oferta para o Liverpool", disse ao diário kosovar Bota Sot.
A oferta será bem distante dos 70 milhões de euros que o clube inglês deve pedir por uma transferência normal.
Seriam, de acordo com o dirigente, 30 mil euros (cerca de 95 mil) pela transferência de 4 meses, mais 1500 euros (cerca de R$ 5 mil) por mês.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Oposições selam chapão para a eleição de deputados


Partidos aliados de Souto fecham chapão para eleições proporcionais
Motivo até bem pouco tempo de desentendimento, o chapão para a disputa proporcional – de deputados federais e estaduais – entre os partidos de oposição foi finalmente selado. A estratégia é lançar duas chapas grandes – uma com os partidos maiores e outra com os menores. No chapão dos partidos maiores, ficam DEM, PSDB, PMDB, PROS, PTN, PRB, Solidariedade e PSC. No dos pequenos, PPS, PV, PRP, PSDC, PTdoB, PTC e PHS. A estimativa é que, com a estratégia, o chapão dos grandes partidos faça 17 deputados federais e 27 estaduais. O chapão integrado pelas siglas menores faria de três a quatro estaduais e no mínimo um deputado federal.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Fifa suspende Suárez por 9 jogos após mordida e atacante fica fora da Copa

O uruguaio Luis Suárez foi suspenso por nove jogos da seleção pela Fifa, após morder um rival no jogo contra a Itália. Ele é reincidente neste tipo de agressão e, com o gancho estipulado pela entidade, não poderá mais atuar na Copa do Mundo - a decisão vale a partir deste sábado, quando o Uruguai encara a Colômbia pelas oitavas de final. Além disso, ele pagará multa e terá de cumprir quatro meses afastado de qualquer atividade no futebol, incluindo partidas com o seu clube, o Liverpool, e a presença em estádios.
"Esse tipo de comportamento não pode ser tolerado em um campo de futebol, e em particular em uma Copa do Mundo em que milhões de pessoas estão vendo as estrelas no campo. O Comitê Disciplinar levou em conta todos os fatos do caso e o grau de culpa do senhor Suárez de acordo com as relevantes previsões no código. A decisão é válida assim que comunicada", disse Claudio Sulser, presidente do Comitê Disciplinar.

Jornalista vaia, e jogador de Gana tenta partir para cima na zona mista

Após a derrota por dois para a seleção de Portugal nesta quinta-feira (26) no estádio Mané Garrincha, em Brasília, e a consequente eliminação da Copa, o clima esquentou entre jogadores da seleção de Gana e um jornalista francês que aguardava os atletas na zona mista, antes de entrarem no ônibus e deixarem a arena.
Todos os jogadores de Gana se recusaram a falar com os jornalistas que os aguardavam no local. Quando se deu conta que nenhum atleta iria parar, o repórter francês Olivier Pron, da Radio France Internationale, vaiou o grupo. Ao ouvir a vaia, o zagueiro John Boye perdeu a cabeça, tentou voltar pelo cercado que separa os jornalistas dos atletas na zona mista e partir para cima do francês.
"Ele me insultou, ele me insultou!", gritava o jogador de Gana enquanto ia na direção do jornalista. "Ele não tem o direito de fazer isso, não tem!", dizia enquanto era contido por outros atletas do grupo. Quem conseguiu puxar o zagueiro de volta em direção ao ônibus foi o capitão e atacante da equipe, Asamoah Gyan, que  balançava a cabeça lamentando o episódio.
Após desistir de bater no jornalista, Boye entrou no ônibus revoltado junto com os colegas sem dar declarações. Após isso, o ônibus foi embora e não houve mais confusão.
"Eu estou em pé aqui esperando eles faz quase uma hora, estamos todos trabalhando", disse Pron, ainda bastante assustado e desconcertado com a situação. "Faz parte do meu trabalho tentar falar com eles e do deles passar aqui e falar com a gente. Quando vi que eles iam ignorar a gente, me senti desrespeitado e vaiei, mas foi um segundo, não foi nada demais ou ofensivo", disse ao o francês. "Não fiz nada demais, ele está descontrolado".
Para Pron, o contexto em que aconteceu a derrota pode ter influenciado na reação do jogador. "Você imagina os jogadores brasileiros ameaçando não entrar em campo por causa de 100 mil dólares? ", pergunta ele. "É a mesma coisa: todos eles jogam na Europa e são muito bem pagos para isso". "Não faz sentido o que aconteceu, em um momento em que a seleção estava brigando por vaga".
Os jogadores de Gana ameaçaram não entrar em campo contra Portugal se não recebessem o "bicho" pela participação na Copa antes do jogo --- de acordo com a imprensa africana, seria três milhões de dólares, ou cem mil dólares para cada um. Eles chegaram a deixar de treinar na terça-feira (24) e a questão só foi resolvida quando um avião enviado pelo governo de Gana chegou a Brasília na noite de quarta-feira (25) com o dinheiro vivo. 
As confederações de futebol recebem da Fifa uma premiação pela participação na Copa, que varia de acordo com o avanço das seleções na competição. Este pagamento é feito após o Mundial mas, com medo de calote por parte de sua confederação de futebol, os jogadores de Gana exigiram receber o valor em dinheiro antes da Copa, e ainda não haviam sido pagos. De acordo com um jornalista africano que estava no estádio, os atletas ainda não receberam a premiação pela classificação para participar da Copa, e o calote é comum no país.
Horas antes da partida no Mané Garrincha, a confederação de futebol de Gana anunciou a suspensão por tempo indeterminado dos atletas Sulley Ali Montari e Kevin-Prince Boateng por indisciplina.
A punição a Muntari foi determinada por uma agressão a um membro do Comitê Executivo da Federação de Gana, Moses Armah, na última terça-feira, dia 24 de junho. Já Boateng foi penalizado por insultos dirigidos ao treinador Kwesi Appiah durante treino em Maceió. "Desde a discussão, Boateng não mostrou nenhum remorso e, por isso, foi punido", divulgou a federação ganesa em comunicado oficial. ( UOL)

Barroso libera Delúbio a trabalhar fora da prisão


Ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso decidiu na noite de ontem que o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares poderá voltar a trabalhar fora do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, onde cumpre pena de 6 anos e 8 meses por condenação no processo do mensalão. Ele deve voltar a trabalhar na Central Única dos Trabalhadores (CUT) nos próximos dias como assessor sindical da Direção Nacional da entidade, com salário de R$ 4,5 mil. A decisão foi tomada monocraticamente pelo ministro, que agora é relator da Ação Penal 470, conhecida como mensalão, após a sessão realizada na tarde de ontem no STF que deu poderes a ele para decidir sozinho sobre os recursos de defesa dos réus do mensalão que querem trabalhar. O colegiado do tribunal decidiu manter a jurisprudência vigente em várias instâncias do Judiciário, inclusive no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que liberava os presos para trabalho independentemente do cumprimento de um sexto da pena. A decisão dos ministros serviu de parâmetro para a liberação de Delúbio por Barroso. O relator do mensalão revogou a decisão da Justiça do Distrito Federal, que suspendia o direito de trabalho dos presos do mensalão na capital do País. Barroso revogou, ainda, parcialmente a restrição à saída de presos nos Estados de Minas Gerais e Mato Grosso. Barroso sustentou, ontem, que o entendimento predominante nos tribunais locais e no Superior Tribunal de Justiça (STJ) é de que a restrição de cumprimento de um sexto da pena não se aplica aos presos em sistema semiaberto. Isso porque na maior parte dos Estados não é possível o exercício de trabalho interno, uma vez que não possuem colônias agrícolas, industriais ou assemelhadas para trabalho dos condenados. “A negação do trabalho externo para reintroduzir a exigência do cumprimento de um sexto da pena é drástica alteração de jurisprudência e vai de encontro ao estado do sistema carcerário”, afirmou. ( Politica Livre)

Heraldo Rocha ironiza “pesquisa fantasma” do PT


Presidente municipal do Democratas, Heraldo Rocha
O presidente municipal do Democratas, Heraldo Rocha, ironizou a “pesquisa fantasma” soprada pela cúpula do PT aos ouvidos de alguns jornalistas presentes a um almoço com Wagner e a chapa governista. “Inventar números é a grande especialidade desse governo. Agora estão querendo usar essa mesma estratégia para fazer mágica com o pré apagado de Wagner, que sequer aparece em segundo lugar nas pesquisas registradas no TSE”, disparou, lembrando que, de acordo com avaliação recente de intenção de votos para o governo, Paulo Souto está na dianteira, com 42%, seguido de Lídice, com 11%. Para Heraldo, Rui Costa não emplacou porque ele é como remédio azedo em boca de criança. “Só desce se tiver alguém mais forte fazendo pressão para que o líquido não seja cuspido. E como os baianos são livres para escolher seus governantes, estão rejeitando o nome petista, que pretende dar continuidade à tragédia na educação, saúde e segurança, com seus 35 mil assassinatos até então”. O presidente municipal do Democratas ainda criticou a maneira como Rui Costa foi escolhido por Wagner. “Da imposição do governador sobre os seus liderados nasceu a candidatura de Rui. Se o PT aceitou, paciência. Agora esperar que a população se submeta a um homem, escolhido não pelas suas qualidades, mas pela conveniência de Wagner, aí é subestimar demais a inteligência das pessoas”. Os petistas, segundo Heraldo Rocha, estão forçando a barra para tentar tirar Rui do limbo eleitoral. “Parece que querem ganhar no grito. Mas a população sabiamente saberá dizer ‘não’ ao candidato tirado do bolso do paletó de Wagner. Inflar números aos quais ninguém tem acesso é fácil. Quero ver é conseguir convencer o povo de que Rui é algo que ele não é: uma pessoa competente para tirar a Bahia do fundo do poço, lugar que o seu inventor Wagner a colocou”.

Democratas vai à Justiça contra propaganda do governo Wagner


O presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia
“O PT defende o financiamento público de campanha e o pratica antes mesmo de ser autorizado em lei”, observa o presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia, ao denunciar a  propaganda institucional do governo veiculada na mídia com ditos “evidentes sinais de favorecimento ao pré-candidato petista à sucessão de Jaques Wagner”. “Nós, do Democratas, estamos entrando com uma representação na Justiça Eleitoral ainda hoje contra este desrespeito à legislação”, informa Aleluia. Para ele, eleição não é vale-tudo. “O Brasil ainda é um estado democrático. O Poder Judiciário não pode fechar os olhos às ilegalidades que estão sendo perpetradas pelo PT”. ( Politica Livre )

Paulo Azi critica declaração de Rui Costa contra classe média


Líder da oposição na Assembléia Legislativa, Paulo Azi (DEM)
O democrata Paulo Azi mostrou-se indignado com as declarações do candidato petista à sucessão estadual, Rui Costa, reduzindo o sentimento antipetista que se espalha pelo país como uma exclusividade da classe média e não como uma insatisfação geral da sociedade. Nas declarações prestadas num almoço com jornalistas, Rui Costa classificou a classe média de “essas pessoas” que, em sua opinião, não aceitam que o segmento mais pobre da população possua carro, ande de avião ou frequente universidade. Paulo Azi considerou as declarações do candidato do PT um desrespeito à classe média e uma tentativa perigosa de gerar animosidades entre segmentos da sociedade. ” Além de equivocada, a fala do candidato petista é preconceituosa e provocadora e tem a clara intenção de jogar no colo da classe média o sentimento de decepção e perplexidade que domina toda a sociedade brasileira em relação a ineficiência desse governo que está aí “, disse o parlamentar, observando que Rui Costa deveria ter a humildade de reconhecer – como fez Lula em recente entrevista ao SBT – que a raiva demonstrada pela população seja, possivelmente, culpa do próprio partido. ” O que Rui Costa deveria admitir, ao invés de ofender a classe média do Brasil, é o que também admitiu um dos ministros de Dilma quando afirmou que o PT comete um erro de diagnóstico ao alimentar a ilusão de que o povo pensa que está tudo bem “, refletiu Paulo Azi.  (Politica Livre)

quarta-feira, 25 de junho de 2014

IBICARAI: DUAS PESSOAS MORREM ELETROCUTADAS EM MONTAGEM DE PALCO

unnamed (1)

No início da tarde desta quarta-feira duas pessoas que estavam trabalhando na montagem de um palco para a Festa de São Pedro em Ibicaraí, morreram eletrocutadas. Uma outra pessoa foi levado com vida para um hospital. Como as vítimas estavam sem documentos não foi possível saber o nome e a idade delas.

Segundo informações, no momento que as pessoas montavam o palco uma barra de ferro se aproximou da fiação elétrica e elas acabaram recebendo a descarga de energia.

A Festa de São Pedro está prevista para acontecer no próximo final de semana com a apresentação de diversas bandas musicais. Por conta do acidente existe a possibilidade de ser cancelada. ( Políticos do Sul da Bahia)

VÍDEO: CORTEJO FÚNEBRE AO SOM DE CHICLETE COM BANANA EM ITABUNA

video
Dizem que “atrás do trio só não vai quem já morreu”. Pois em Itabuna, um fato inusitado foi de contra a isso. É que um cortejo fúnebre, pra lá de animado, “arrastou” uma grande quantidade de “foliões” que se despediam do falecido, ao som da banda ícone do carnaval baiano: Chiclete com Banana. Enquanto o carro funenário seguia com caixão, um outro veículo, mais a frente, tocava em alto bom som a música “diga que valeu”. A data da gravação das imagens é desconhecida. (O Tabuleiro)

domingo, 8 de junho de 2014

Em resposta, Arthur diz que Wagner faz governo “infeliz”


Arthur Maia reage a críticas de Wagner
O deputado federal Arthur Maia (Solidariedade) reagiu às críticas dirigidas ontem pelo governador Jaques Wagner a ele de forma irônica. Wagner irritou-se com o fato de Maia ter liderado, no Solidariedade, o apoio da agremiação à candidatura de Paulo Souto (DEM). “Esse papel que Wagner está querendo assumir agora no final do governo, de valentão, xingando os outros, não assenta bem para ele. Já enfrentei na vida gente tão mais poderosa e competente que acho até engraçado que ele ache que possa me intimidar”, afirmou Arthur, acrescentando que o governador faria um uso melhor “do tempo dele se, ao invés de atacar os adversários, se dedicasse a melhorar o infeliz governo que ele vem fazendo na Bahia”.

Paulo Souto: “PT não cumpre promessas e compromissos com Ilhéus”


Paulo Souto esteve no encontro "Unidos pela Bahia", na noite desta sexta-feira, no Clube Social de Ilhéus
“Quase oito anos de governo do PT e as promessas e compromissos com Ilhéus não foram honrados. Cadê o Porto Sul, o aeroporto internacional, a duplicação da Ponte do Pontal e a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol)?”, questionou o pré-candidato da oposição a governador, Paulo Souto, durante o encontro “Unidos pela Bahia”, na noite desta sexta-feira, no Clube Social de Ilhéus. Se não cumpriu o que prometeu, o atual governo também não fez a mínima questão de preservar o que já existia. “Deixaram ao léu o Centro de Convenções, que hoje está completamente degradado, quando poderia estar a serviço da potencialidade turística de Ilhéus. Além disso, não fizeram nada pelo Polo de Informática, que chegou a produzir 10% dos computadores feitos no País e poderia estar gerando mais empregos”, disse Souto. Diante de um salão lotado, na companhia dos pré-candidatos Joaci Góes (vice) e Geddel Vieira Lima (senador), o pré-candidato a governador garantiu que, ao contrário do PT, no caso de eleito, vai dar continuidade aos projetos importantes para a região que não estejam concluídos. “É um compromisso que assumo, mas com a condição de que os recursos existam e estejam assegurados. De outra forma, não será possível, porque não vendemos ilusões. Trabalhamos com a verdade e com responsabilidade”, afirmou Paulo Souto. Ele, Joaci e Geddel seguem para Itaberaba, onde pela manhã, neste sábado, participam de novo encontro, às 10 horas, na Câmara de Vereadores. À tarde, será a vez de Alagoinhas. Lá a reunião com lideranças políticas da região será no Hotel Aster, às 16 horas.

PHS prepara apoio à chapa de Paulo Souto em 2014


Marcelo Guimarães Filho, líder na sigla da Bahia, recebeu lideranças nacionais
O presidente Nacional do PHS, Eduardo Machado, e o secretário-geral Nacional, Luiz França, participam do evento que vai selar o apoio do PHS Bahia, dirigido por Marcelo Guimarães Filho, à chapa que tem Paulo Souto (DEM) como pré-candidato ao governo da Bahia. O evento será na segunda-feira (9/6), às 16h, no escritório político de Paulo Souto, em Salvador. A pré-candidatura de Souto, anunciada no início de abril, terá Joaci Góes (PSDB) como vice e ainda Geddel Vieira Lima (PMDB) como pré-candidato ao cargo de senador. O grupo, conhecido como “chapa das oposições”, vai disputar o governo com o pré-candidato do PT, Rui Costa. Segundo o presidente estadual, Marcelo Guimarães Filho, para chegar a esse cenário, foram várias reuniões e muito diálogo. “Decidimos pelo apoio a essa chapa porque ela tem os nomes mais preparados e que mais conhecem a Bahia, como Paulo Souto ao lado do competente Joaci Góes. Também temos certeza que Geddel defenderá a Bahia de forma brilhante no Senado Federal”, afirma. O presidente Nacional do PHS, Eduardo Machado, lembra que a decisão do dirigente estadual é que define os rumos no estado. “Tivemos reuniões para tratar do assunto nacionalmente, mas confiamos a nossos dirigentes o poder dessa definição. Cada estado tem sua realidade e histórico político e por isso é que os apoios precisam ser firmados regionalmente”, lembra o presidente. O secretário Luiz França garante que essa democracia interna só favorece o crescimento do partido. “Não podemos engessar a política. Após muito diálogo, nosso dirigente entendeu que esse é o melhor caminho e então a Comissão Executiva Nacional vai até Salvador para selar esse apoio”, finaliza França.

Paulo Souto propõe melhorias e novos serviços para hospital de Alagoinhas

Foto: Valter Pontes/ Divulgação

Souto esteve ao lado de sua chapa, lideranças e dos prefeitos ACM Neto, de Salvador, e José Ronaldo, de Feira
Diante das reclamações sobre a precariedade atual do funcionamento do Hospital Regional Dantas Bião, o pré-candidato oposicionista a governador, Paulo Souto, garantiu que, no caso de eleito, não poupará esforços para ‘restabelecer a qualidade e a dignidade do atendimento deste estabelecimento hospitalar’. “Dessa vez, vamos buscar também implantar os serviços de oncologia e neurocirurgia nesta unidade pública de saúde tão importante para a população de Alagoinhas e toda a região”, disse Souto, ao lado dos prefeitos ACM Neto, de Salvador, e José Ronaldo, de Feira, e dos pré-candidatos Joaci Góes, a vice, e Geddel Vieira Lima, ao senado, além de políticos e lideranças, durante o encontro “Unidos pela Bahia”, realizado no final da tarde deste sábado (07), em Alagoinhas. “O Hospital Dantas Bião é mais um exemplo do descaso do atual governo com as necessidades básicas dos baianos”, observou Paulo Souto. Para ele, a gestão petista virou as costas para a população. “Várias prefeituras estão sem receber remédios de alto custo para distribuir com quem precisa, conforme determina a Justiça”. De acordo com Souto, hoje, quando as pessoas precisam desses medicamentos, em vez de procurarem a Secretaria de Saúde, recorrem ao Ministério Público ou à Defensoria para que o governo cumpra a sua responsabilidade. “Isso é uma desumanidade com quem mais necessita da atenção dos governantes”. Na avaliação de Paulo Souto, a requalificação dos serviços públicos precisa ser imediata. “Essa foi a mensagem das manifestações de 2013. Um homem público sério, capaz de efetivar mudanças, não pode deixar de escutar”.

Rui é o deputado que mais faltou a sessões este ano, diz coluna

Foto: Emerson Nunes/ Arquivo/ Política Livre

Com índice de presença de 51,7%, o petista apareceu em apenas 15 das 29 sessões realizadas
O último dia de trabalhos no Congresso antes do recesso da Copa, aponta que 15 deputados federais faltaram este ano a pelo menos 20% dos dias em que ocorreram sessões no plenário. De acordo com os dados divulgados no site da Casa, o líder do ranking é Rui Costa (PT), que reassumiu o mandato em 1º abril, após se lançar à disputa pelo governo do estado. Com índice de presença de 51,7%, o petista apareceu em apenas 15 dos 29 dias com sessões realizadas desde o seu retorno. Em segundo, com percentual de 54%, está Sérgio Brito (PSD), primeiro colocado em 2013. Já o bronze vai para Luiz Argôlo (SDD), com 58%. Alvo de processo de cassação por envolvimento com o suspeito doleiro Alberto Youssef, Argôlo é o campeão de ausências sem justificativas. Sequer deu satisfação para 14 de suas 21 faltas. O texto, na íntegra, é de Jairo Costa Júnior, da Coluna Satélite/ Correio*.
Jairo Costa Júnior, Coluna Satélite/ Correio*

Ibicaraí: Alugueis de roupas Juninas


Falar com Vera Lucia ou Babaia
Telefones: 73 3242-201/ 73 91343915/ 73 3242-2295/ 739166-8209

.

.