Radio Ibinet

A Web Radio que mais cresce no Brasil!!!

Combater a Dengue é um dever de todos ...

“Vamos combater a dengue você é o agente de sua casa

Anuncie sua marca aqui

politicosdeibicarai@hotmail.com

Jornal EXPRESSO DA BAHIA

Em breve em IBICRAÍ, FLORESTA AZUL, SANTA CRUZ DA VITORIA, FIRMINO ALVES, ITABUNA, BARRO PRETO E ILHEUS. O Jornal EXPRESSO DA BAHIA

ANUNCIE AQUI NO BLOG POLÍTICOS DE IBICARAI

Entre em contato: politicosdeibicarai@hotmail.com

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Trio da Huanna sucesso em Salvador


Sábado passado Trio da Huanna foi fazer um grande show em Salvador na Chopada de Medicina da Católica. A galera aprovou e o show foi tão bom que o Trio da Huanna foi convidado para gravar uma musica com Psirico sem falar dos vários shows que vai fazer na capital baiana.

Calazans ,ex. empresário da banda É o Tchan ficou interessado em empresariar o Trio da Huanna na região metropolitana.

Por isso todos Ibicaraienses ficam felizes em saber onde Trio da Huanna passa leva o nome de nossa querida cidade IBICARAI

O mundo suporta tantas pessoas?


Segundo estimativas das Nações Unidas, dentro de uma semana a população mundial atingirá 7 bilhões de pessoas. Como os censos são pouco frequentes e incompletos, ninguém sabe a data precisa – o Census Bureau coloca a data em março do próximo ano _, mas não há dúvidas de que a humanidade se aproxima de um marco.

O primeiro bilhão de pessoas se acumulou ao longo de um longo intervalo, das origens dos humanos, há centenas de milhares de anos, ao começo dos anos 1800. O segundo bilhão levou mais 120 anos. Então, nos últimos 50 anos, a humanidade mais que dobrou, passando de 3 bilhões em 1959, a 4 bilhões em 1974, 5 bilhões em 1987 e 6 bilhões em 1998. Este índice de aumento populacional não tem precedente histórico.

Será que a Terra pode suportar 7 bilhões agora e os 3 bilhões de pessoas que, como se espera, serão acrescentadas até o final deste século? Será que os grandes aumentos no número de lares, cidades, consumo de material e lixo são compatíveis com a dignidade, saúde, qualidade ambiental e saída da pobreza?

Para alguns no Ocidente, o maior desafio – porque é o menos visível – é descartar a visão de que muitas pessoas representam poder e prosperidade.


Fonte: MSN/Joel E. Cohen, The New York Times News Service/Syndicate

Deputado Augusto Castro diz que governo é responsável por índices negativos de Itabuna


A classificação de Itabuna como a pior em mortalidade infantil e a segunda pior em criminalidade, de acordo com pesquisa realizada pela revista Veja em 106 cidades brasileiras, é de responsabilidade do governo do Estado, que não tem investido no município. A avaliação é do deputado estadual Augusto Castro (PSDB), que defende a retomada da Gestão Plena da Saúde à prefeitura e mais recursos para segurança e projetos socioeducativos. “Como um município pode ser responsabilizado se não é gestor dos recursos da saúde?”, critica. Segundo a Veja desta semana, em 2009 foram registradas 29,4 mortes em cada 100 nascidos vivos e 113,8 homicídios em cada 100 mil habitantes.

O deputado Augusto Castro ressalta que, atualmente, a gestão da assistência à saúde em Itabuna de média e alta complexidade é de responsabilidade do Estado. “Um município como Itabuna, que é pólo regional, só tem duas maternidades, ambas de instituições filantrópicas”, lembra o deputado, justificando que por todas as carências vividas pelo município é que se dispôs a doar uma ambulância para a Maternidade Estér Gomes. A outra maternidade é a do Hospital Manoel Novais, da Santa Casa da Misericórdia.

Para o parlamentar, se o governo do Estado quer contribuir para mudar o quadro da saúde em Itabuna neste momento, deve viabilizar pleitos feitos pelo município, como a implantação de UTI neonatal e pediátrica na Maternidade Estér Gomes e a ampliação da UTI pediátrica do Manoel Novais, além de devolver a gestão plena da saúde.

Em relação à criminalidade, Augusto Castro destaca que já solicitou ao governador Jaques Wagner investimentos na área de segurança pública, entre elas, a instalação de uma Base Comunitária de Segurança em Itabuna. “Mas é importante que o governo também invista em programas e ações que ajudem a tirar os nossos adolescentes e jovens das ruas, como educação, esporte e capacitação profissional”, argumenta.

Lançamento da vacinação contra a Febre Aftosa acontecerá simultaneamente em três municípios do Extremo-Sul da Bahia

Segunda fase da campanha imunizará apenas animais com até 24 meses. Secretário Eduardo Salles fará o lançamento no dia 1º de novembro em Itanhém, Itamaraju, e Guaratinga

A Secretaria estadual de Agricultura (Seagri), através da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), lança amanhã (1º), a segunda fase da Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa, simultaneamente, em três municípios – Itamaraju, Itanhém, e Guaratinga, localizados no Extremo-Sul da Bahia. A vacinação ocorrerá até 30 de novembro e vai imunizar apenas os animais com idade até 24 meses, exceto os municípios localizados na Zona de Proteção, que devem realizar a vacinação em todos os bovinos e bubalinos.

Em Itanhém, o evento acontecerá às 9 horas, no Parque de Exposições da cidade. Em seguida, às 12 horas, será a vez de Itamaraju, na Fazenda Santo Amaro, e, finalizando a programação, às 15 horas, o secretário da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, e sua comitiva estarão em Guaratinga para lançar a campanha contra a aftosa na Fazenda Talismã.

Independente da faixa etária vacinal, os pecuaristas devem declarar todo o seu rebanho nos escritórios da Adab. Das cerca de 11 milhões de bovinos existentes no Estado, 98,01% foram imunizados na última etapa de vacinação contra a aftosa, ocorrida em maio deste ano, superando a média nacional de 97,4% em 2010.

A redução da faixa etária vacinal nesta etapa de vacinação de novembro beneficia aproximadamente 265 mil pecuaristas em 409 municípios baianos. No total, cerca de 6,5 milhões de animais adultos deixarão de ser vacinados, representando uma economia da ordem de cerca de R$ 11 milhões para os pecuaristas baianos.

A Bahia é detentora do maior rebanho bovino da região Nordeste e tem apresentado, nos últimos anos, uma estabilidade sanitária referenciada nacionalmente. Com a alteração da estratégia de vacinação contra a febre aftosa no Estado, o rebanho baiano passa a ter as mesmas condições sanitárias dos rebanhos dos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, e Rondônia.

Fonte: ASCOM ADAB

Secretário participa da abertura do V Simpósio do Papaya Brasileiro em Porto seguro

O evento segue até o dia 04 de novembro

O secretário Estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, participa na noite de hoje, da abertura do V Simpósio do Papaya Brasileiro, um dos principais fóruns de integração dos agentes da cadeia produtiva do mamão, no Náutico Praia Hotel, em Porto Seguro. O evento reunirá produtores e representantes da cadeia produtiva, além de especialistas e pesquisadores nacionais e estrangeiros de instituições que se dedicam ao estudo da fruta.

Com o tema “Inovação e Sustentabilidade”, esta quinta edição do Simpósio proporcionará aos participantes conhecer os avanços tecnológicos na cadeia produtiva do mamão, visando assegurar a hegemonia brasileira na liderança mundial de produção e promovendo a discussão ampla dos problemas da cultura com os diversos segmentos da cadeia produtiva.

Serão sete painéis, abrangendo 27 palestras, sendo três palestrantes internacionais, que vão tratar de melhoramento genético, do mercado internacional e das perspectivas do processamento de mamão em âmbito mundial. Além disso, os interessados vão poder participar de cursos sobre manejo de pragas e doenças, nutrição, irrigação e fertirrigação do mamoeiro e elaboração de projetos de implantação de pomar.

De acordo com informações de Rodrigo Neto Marinho Leite, Chefe Escritório da EBDA – Eunapolis, o Extremo Sul é o primeiro produtor de mamão do Brasil, com destaque para Porto Seguro com produção de 122.400 toneladas, área plantada de 1.800 ha e produtividade de 68.000 quilos por hectare.

Fonte: ASCOM Seagri-Tatiana Ribeiro

Novo superintendente da Ceplac na Bahia reúne-se com dirigentes

"Quero firmar compromisso com o Cenex, o Cepec e os funcionários da Ceplac
de continuar lutando pela instituição no campo político, de onde sou oriundo".
A afirmação foi feita hoje (31), pelo administrador de empresas Juvenal
Maynart Cunha ao assumir o cargo de superintendente de Desenvolvimento da
Região Cacaueira da Ceplac na Bahia em substituição ao fiscal federal
agropecuário e pesquisador Antonio Zózimo de Matos Costa durante reunião
administrativa de posse conduzida pelo diretor substituto da instituição
Edmir Celestino Ferraz em ato que antecedeu à cerimônia de posse festiva
ainda a ser marcada.

"Sou pessoa que vem do mundo político e acredito no poder que a política
representa para transformar a sociedade. Acredito que vai acontecer o que
fiz durante minha carreira nos órgãos a que servi. Este é desafio que não
tenho medo. A minha experiência vai contribuir para encontrar soluções
locais", afirmou Maynart.

O novo dirigente lembrou sua origem na região de
Ipiaú, as vinculações de sua família com a cacauicultura baiana, além de sua
boa relação com pesquisadores e técnicos por ter atuado como diretor
administrativo e financeiro de órgãos estaduais como Companhia Baiana de
Pesquisa Mineral (CBPM), Ibametro e Sudic.

O superintendente lembrou que no aspecto organizacional tem a mesma cultura que os servidores da Ceplac: respeito à hierarquia e noções de
responsabilidades às exigências do serviço público. "A sociedade requer uma
classe política diferente e tenho um desafio pessoal: provar que a
competência política é capaz de exercer obrigações de Estado" resumiu
Juvenal Maynart, acrescentando que o mundo político tem que ser sensível ao
desafio que vive o Sul da Bahia há 25 anos em crise pela ocorrência da
vassoura de bruxa, que considerou uma tragédia que se abateu sobre a região.

O evento contou com a participação diretor substituto Edmir Ferraz,
representando o diretor Jay Wallace da Silva e Mota, dos chefes do Centro de
Pesquisas do Cacau (Cepec), Adonias de Castro Virgens Filho, e do Centro de
Extensão da Ceplac (Cenex), Sérgio Murilo Correia Menezes, gestores de
departamentos e seções e do ex-superintendente Antonio Zózimo de Matos
Costa. "O maior patrimônio da instituição são seus servidores. A instituição
tem contribuído para o desenvolvimento regional e continuará a fazê-lo. Com
sua coragem e sua ousadia, Juvenal, apesar de uma região em dificuldades,
ainda poderá fazer muito mais", afirmou Zózimo.

Juvenal Maynart Cunha é bacharel em Administração de Empresas pela
Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), com ênfase em Comércio Exterior,
com especialização em Planejamento Urbano e Desenvolvimento de Cidades. Foi ex-dirigente estadual da Sudic, CBPM e Ibametro; ex-diretor comercial da
Companhia Brasileira Exportadora; ex-gestor de agências e de negócios e
ex-superintendente regional do Banco do Brasil. Tem cursos pela BM&F de
Análise de Mercados, Economia Aplicada e Rentabilidade de Negócios.

Também é especialista em análise financeira de contratos e atuou como diretor de logística do jornal Agora, em Itabuna. É filiado ao Partido do Movimento
Democrático Brasileiro (PMDB).


Fonte: Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri)
Assessoria de Imprensa

Após a vitoria da seleção de Ibicarai o sambão fazendo a festa da galera

13 MOTIVOS PARA REELEGER LENILDO SANTANA


Do Blog O Gari

1- Ele deu glamour a Ibicaraí quando introduziu na administração o modelo inglês, onde o rei reina, mas não governa.

2-Ele gerou enorme economia para o município cortando gastos desnecessários com as 3(três)ambulâncias.

3- Ele atendeu prontamente o apelo do eleitor que pedia para que ele botasse “pocano” e ele botou mesmo.

4- Ele aqueceu enormemente a economia da cidade gerando um grande número de vagas de emprego sendo 4 (quatro) na Bahia Cocada e mais 2(dois) na fábrica de manilha.

5-Ele criou um eficiente programa de renovação da frota para os funcionários do município atendendo um desejo antigo dos companheiros, graças a esse programa atualmente quase todos os diretores e secretários estão de carros novos.

6-Ele lançou por duas vezes Ibicaraí na mídia nacional, uma no caso do lixão e outra no caso do desvio do Fundef. Não importa o motivo o certo é que Ibicaraí apareceu na mídia nacional graças a ele.

7-Ele combateu fervorosamente a vergonhosa prática do nepotismo na administração dos outros.

8-Ele é o mais ecológico dos prefeitos que Ibicaraí já teve, além de trazer os capins para a cidade criou e mantém com recursos próprios um viveiro de ratos, urubus e moscas no lixão do bairro Belo Vista.

9-Ele teve a coragem de cumprir a promessa de campanha onde prometeu combater a corrupção e defender os trabalhadores mesmo agindo de forma inversa,estando combatendo o trabalhador e defendendo a corrupção, mas está cumprindo sim.

10-Ele criou e mantém um avançado programa de combate a obesidade cortando a merenda dos garis e dos funcionários do hospital.

11-Ele gerou enorme renda no município no seguimento de vendas de fogos,foi disparado o prefeito que mais consumiu tal produto,por isso a venda de fogos foi o ramo comercial que mais cresceu na cidade.

12-Ele é o prefeito que entendendo a falta de emprego na cidade,criou mais 3 secretarias inúteis só para gerar mais emprego.

13-Ele é o mais hilariante dos prefeitos. Tem uma piada engraçadíssima que ele sempre conta que começa com a frase “gente cuidando de gente”que é muito engraçada.

Confiança de consumidores brasileiros é a que mais cresce, diz pesquisa

Apesar dos sinais de desaceleração na economia, a confiança do consumidor brasileiro foi a que mais cresceu no último trimestre entre 56 países pesquisados pela empresa global de análises Nielsen.

Segundo o estudo, a confiança dos consumidores brasileiros subiu 16 pontos entre o segundo e o terceiro trimestre deste ano, de 96 para 112 pontos (um índice acima de 100 indica otimismo).

A confiança dos brasileiros fica atrás somente da de indianos (121 pontos), sauditas (120) e indonésios (114) e está no mesmo nível que a dos filipinos (112).

O levantamento, porém, indicou uma piora na confiança global com a economia, com uma queda de 1 ponto no índice global, que ficou em 88 pontos.

A França, com um índice de 56 pontos, foi o país que registrou a maior queda na confiança entre os segundo e o terceiro trimestre, com perda de 13 pontos.

Hungria (37 pontos), Portugal (40), Romênia (49), Coreia do Sul (49), Croácia (49) e Grécia (51) são os países com menor índice de confiança, segundo a pesquisa.

O aumento da confiança do consumidor brasileiro ajudou também a impulsionar o índice de confiança nos países da América Latina, que subiu de 91 pontos, no segundo trimestre, para 97.

Apesar disso, o índice de confiança entre os consumidores latino-americanos ainda está 2 pontos abaixo do registrado no último trimestre do ano passado.

A pesquisa da Nielsen indicou ainda que 47% dos consumidores latino-americanos consideram que suas perspectivas de emprego para os próximos 12 meses são boas ou excelentes.

Entre os brasileiros, a proporção dos que consideram as perspectivas de trabalho boas ou excelentes aumentou de 61% para 70% entre o segundo e o terceiro trimestre.

O otimismo dos brasileiros com o mercado de trabalho fica atrás somente do otimismo dos indianos e dos tailandeses.

A pesquisa também indicou um aumento de 65% para 78% na proporção de brasileiros que consideram boas ou excelentes as perspectivas para suas finanças pessoais no próximo ano.

Matéria da Semana: A luta das celebridades contra as drogas


Fonte: Famozidade

O ator Fábio Assunção se viu no olho do furacão quando seu vício começou a atrapalhar seu desempenho no trabalho. Após ficar alguns capítulos afastado de “Paraíso Tropical” em 2007, o bonitão perdeu totalmente o controle sobre o problema no ano seguinte durante as gravações de “Negócio da China” quando teve que deixar o elenco do folhetim escrito por Miguel Falabella.

Durante uma participação no programa “Altas Horas”, o ator falou sobre sua dependência química. “A droga é uma coisa muito sedutora. A dependência química tem a ver com compulsão e desejo, todo mundo tem isso. Dependência química tem a ver com o desequilíbrio disso. Não tem a ver com caráter ou integridade", afirmou.

Antes de entrar para o elenco da série “Tapas & Beijos”, Assunção tentou retornar ao trabalho em “Insensato Coração”, mas pediu para sair da trama após gravar algumas cenas como o vilão Léo para poder continuar com seu tratamento. “A questão não é o ritmo da novela. Moro em São Paulo e teria que ficar sozinho no Rio durante a semana. É uma carga muito puxada”, explicou.

Recuperado, o galã acredita que tornar seu drama público foi uma grande oportunidade para que ele se conhecesse melhor, mas reconhece que teve sorte. "Acho que cada um soluciona essa questão da sua maneira particular. Tem gente que não teve a sorte que eu tive. Estar aqui, trabalhando, de cabeça erguida. E eu conheci gente que não teve a sorte que eu tive”, garantiu.

Intermunicipal 2011 - Seleção de Itapetinga tropeça mais uma vez em Porto Seguro. Itapetinga News é impedido de transmitir a partida!

Por Itapetinga News

Com isso, a seleção local está mais uma vez fora do intermunicipal. Infelizmente fomos impedidos pela Liga local de transmitir a partida.

A seleção de Itapetinga jogou neste domingo em Porto Seguro contra a seleção local e os perdeu nos pênaltis.

Com isso, a seleção local está mais uma vez fora do intermunicipal. Infelizmente fomos impedidos pela Liga local de transmitir a partida.

Beto Oliveira, técnico da seleção de Itapetinga criticou atitude da diretoria da Liga de Porto seguro. Técnico da seleção de Porto Seguro também defendeu o nossa equipe.

Lembramos que estamos tentando dar a nossa contribuição em divulgar a competição, apenas isso!

Embrapa expõe tecnologias na Expoflores

A Embrapa Mandioca e Fruticultura, de Cruz das Almas (Ba), unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), participou da 7ª edição da Expoflores, promovida pela Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Cruz das Almas, no período de 28 a 30 de outubro.

O evento, realizado na Praça Senador Themístocles, no centro da cidade, tem o objetivo de promover e fortalecer o desenvolvimento econômico sustentável, explorando o potencial da floricultura. “Assim como a produção de frutas, mandioca e hortaliças, a floricultura é uma alternativa muito interessante para a agricultura familiar e até mesmo comercial, pois permite, em áreas pequenas, gerar renda suficiente para um padrão de vida digno. “É excelente opção para a diversificação da produção e da renda nas pequenas propriedades”, afirma o chefe geral Domingo Haroldo Reinhardt.

No estande da Embrapa, algumas tecnologias foram mostradas ao público, como a produção de mudas in vitro, que permite a formação de indivíduos geneticamente idênticos e é utilizada na produção de mudas de abacaxi, banana e mandioca, os jardins in vitro – arranjos que utilizam bromélias nativas (incluindo abacaxizeiros ornamentais) e componentes como seixos de quartzo, argila, areias e palhas, que podem ser uma boa alternativa para o mercado de flores e planta, e as mandiocas biofortificadas, com alto teor de betacaroteno.

Devido destaque será dado aos programas de melhoramento genético de bananeira e mandioca, liderados nacionalmente pela Embrapa Mandioca e Fruticultura com o objetivo de gerar variedades mais produtivas, nutritivas e resistentes a pragas e doenças. Também estarão em exibição as principais publicações da unidade.

Jornalista: Léa Cunha (DRT-BA 1633)

Embrapa Mandioca e Fruticultura

Fonte: Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri)
Assessoria de Imprensa

Participantes comemoram êxito do Seminário de Própolis e Pólen

Os participantes do 1º Seminário Brasileiro de Própolis e Pólen, VI Seminário de Própolis do Nordeste, V Encontro Nacional de Produtores de Pólen e Feira de Produtos Apícolas, no Centro de Pesquisas do Cacau (Cepec) da Ceplac, no km 22 da Rodovia BR-415, eixo Ilhéus-Itabuna, comemoram o sucesso tanto pelo nível técnicos dos temas abordados como pela mobilização do segmento produtor. Entre terça-feira (25) e sexta-feira (28), cerca de 520 pessoas, entre apicultores, técnicos e autoridades, prestigiaram os eventos.

Na avaliação da engenheira agrônoma Vandira da Mata, coordenadora estadual de Apicultura da EBDA, os palestrantes foram de alto nível, a participação dos apicultores foi boa e os temas abriram a visão em relação aos mercados consumidores em nível nacional e internacional. Segundo ela, a EBDA aproveitou a oportunidade para capacitar seus técnicos para que a prestação de serviços de assistência técnica e extensão rural aos produtores seja melhorada, inclusive para a profissionalização dos apicultores.

O cooperado Murilo Bonfim de Souza, associado à Cooperativa dos Apicultores da Bahia, em Jeremoabo, no norte do Estado, se disse satisfeito com o resultado dos eventos promovidos pela Ceplac, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri), Confederação Brasileira de Apicultura (CBA), Federação Baiana de Apicultura (Febamel), Senar e Sebrae. “Foi tudo bem organizado e de alto aproveitamento, bons instrutores e temática. A gente leva como mensagem a necessidade de elevar a produção e produtividade e reduzir custos, a partir de manejo e troca de rainhas, para sucesso na apicultura”.

Para o extensionista da Ceplac e palestrante Ivan Costa e Souza, a recomendação básica ao apicultor foi a de aumentar a produtividade do mel, própolis e pólen, com treinamento do desenvolvimento e alimentação de enxames e aplicação de um calendário de práticas muito bem feitas adaptadas a cada região. “A troca de rainhas deve ser feita de 10 meses a um ano. No pólen, a cada 10 meses, quando a produção cai e se necessita reestruturar os enxames. Na própolis, em um ano ou imediatamente, se a rainha não servir. Se o agricultor fizer tudo na entressafra pode ter safra melhor e bom desempenho na atividade”, resumiu.

O extensionista disse que a atividade apícola se torna autossustentável com a produção de pólen em 100 gramas/colmeia/dia e com o produtor atuando em grupo ou empresarialmente para obter 400 kg por mês. No caso da própolis, a produção tem que ser de 400 gramas/colmeia/mês.

Antes da viagem para visita técnica a Unidade de Beneficiamento de Pólen de Canavieiras, a 582 km de Salvador, na sexta-feira, o pesquisador da Ceplac e presidente da Comissão Organizadora, Ediney de Oliveira Magalhães, fez um balanço positivo dos eventos que reuniram caravanas de vários estados brasileiros e municípios da Bahia, tendo destacado que para os participantes o grande entrave é a legislação.

Ao final, a Confederação Brasileira de Apicultura (CBA) e Federação Baiana de Mel (Febamel) e os apicultores defenderam a flexibilização da legislação sem perda de qualidade e segurança dos produtos apícolas. “Não se pode tratar o apicultor com as mesmas normas aplicadas às grandes empresas da área de alimentação, que têm muito mais recursos técnicos e financeiros”, reafirmou.

A boa notícia trazida pela diretora de Apoio à Organização da Superintendência de Agricultura Familiar da Secretaria de Agricultura da Bahia, Maria Auxiliadora Lobo Alves, representante do secretário Eduardo Salles, de que o Governo da Bahia pretende instalar Casas de Mel para tirar os produtores da clandestinidade, foi recebida com entusiasmo pelos apicultores baianos. “Graças a iniciativas como essa, a Bahia é grande produtor de pólen e Canavieiras reconhecida nacionalmente como um dos principais polos produtores do país, inclusive, com o desenvolvimento de tecnologias próprias de produção e beneficiamento”, disse o apicultor Álvaro Augusto Ribeiro.

Em parceria com o Governo do Estado – Seagri/Suaf e com apoio da ADAB, MAPA, a Associação Canavieirense de Apicultores (ACAP) está realizando o seu maior sonho, a implantação de uma unidade de beneficiamento do pólen, atendendo as exigências do mercado consumidor. A unidade é pioneira no Estado, daí o interesse despertado em conhecê-la pelos participantes do 1º Seminário Brasileiro de Própolis e Pólen, VI Seminário de Própolis do Nordeste, V Encontro Nacional de Produtores de Pólen e Feira de Produtos Apícolas, que para sua realização também contou com o apoio da UFRB, IF Baiano, Uesb, Renapolen, CAR, EBDA, Associação de Apicultores Ambientalistas de Ilhéus (AAMI), Associação Canavieirense de Apicultores (ACAP) e Prefeituras de Ilhéus, Itabuna e Uruçuca.

Jornalista ACS/Ceplac/Sueba

Ibicarai e Coaraci representam a região nas quartas de final


Neste domingo (30), foram definidas as Seleções classificadas para as quartas de final do Campeonato Intermunicipal 2011. Dezesseis equipes entraram em campo, mas apenas oito seguem na disputa pelo título.
Dentre as oito equipes classificadas para a próxima fase, quatro já foram campeãs da competição. São elas Coarací, Ibicaraí, Itamarajú e Porto Seguro.
A região que obteve maior destaque foi o Norte do Estado, com três seleções (Crisópolis, Santaluz e Valente) na briga. O Extremo-sul será representado por duas equipes, Itamarajú e Porto Seguro. O mesmo número foi registrado no Sudoeste do Estado, com Ibicaraí e Coarací.
Do Recôncavo baiano, apenas o São Francisco do Conde fez bonito e garantiu sua vaga nas quartas.

Confira os resultados deste domingo e os próximos confrontos:

Santaluz 3 x 1 Ipiaú
Valença 1 x 1 Crisópolis (pênaltis= 3 x 5)
Valente 3 x 0 Jequié
Itagiba 0 x 0 São Francisco do Conde
Ibicaraí 1 x 1 Ubaitaba (Pênaltis= 3 x 2)
Porto Seguro 1 x 0 Itapetinga (pênaltis= 4 x 2)
Irecê 0 x 3 Itamarajú
Coarací 3 x 0 Itororó

Quartas de final:
TABELA DOS JOGOS DE IDA / QUARTA FASE (15ª RODADA)


06/11/11 16:00 33 305 Ibicaraí x Santaluz
06/11/11 16:00 34 306 Crisópolis x Porto Seguro
06/11/11 16:00 35 307 Itamarajú x Valente
06/11/11 16:00 36 308 São F. Conde x Coarací

TABELA DOS JOGOS DE VOLTA / QUARTA FASE (16ª RODADA)

13/11/11 16:00 33 309 Santaluz x Ibicaraí

13/11/11 16:00 34 310 Porto Seguro x Crisópolis
13/11/11 16:00 35 311 Valente x Itamarajú
13/11/11 16:00 36 312 Coarací x São Fco. do Conde


sábado, 29 de outubro de 2011

Brasil apoia a Bolívia no lançamento de campanha de vacinação contra a aftosa

Representantes do governo brasileiro participam, na próxima terça-feira (1º), em La Paz, capital da Bolívia, do lançamento do 22º Ciclo de Vacinação Contra a Febre Aftosa da Bolívia. A comitiva brasileira permanecerá no país de 31 de outubro a 2 de novembro.

O objetivo da viagem é reafirmar o compromisso do governo brasileiro de colaborar com os países vizinhos no processo de erradicação da doença nessas regiões. Além da solenidade de abertura da campanha de imunização, o diretor do Departamento de Saúde Animal (DSA), Guilherme Marques, participará de uma reunião bilateral com as autoridades bolivianas para a definição parcerias técnicas e financeiras entre os países.

Em outro encontro importante, o coordenador do ministério, Bruno Cotta, vai discutir as questões relacionadas à certificação sanitária para que o Brasil possa reabrir a exportação de bovinos vivos para a Bolívia. A Bolívia registrou o último foco da doença em 2007 e tem um rebanho de, aproximadamente, sete milhões de bovinos.

Amanhã seleção de Ibicarai



Vista sua camisa, pegue sua bandeira, chame sua família e vamos todos prestigiar nossa seleção.

Apoio: Trio da Huanna

Dia Mundial do AVC: saiba como evitar derrames

A maioria dos fatores de risco, como colesterol alto e hipertensão, pode ser controlada



Neste dia 29 de outubro é lembrado o Dia Mundial de Combate ao AVC, doença responsável pela morte de cinco milhões de pessoas no mundo a cada ano, de acordo com a OMS. No Brasil, a doença mata mais que o infarto: são mais de 100 mil pessoas por ano, segundo o Ministério da Saúde. Outro dado alarmante é que um em cada seis brasileiros corre risco de sofrer um AVC.

"Popularmente conhecido como derrame, o acidente vascular cerebral é uma alteração do fluxo de sangue no cérebro, que ocorre por falta ou extravasamento de sangue em alguma região do corpo", explica o neurologista André Lima, do Hospital Barra D'or, especialista em prevenção dessa doença.

Mas é possível se prevenir de um AVC, já que a maioria dos fatores de risco para o quadro clínico pode ser evitada. "Quanto mais idade a pessoa tiver, maiores são as chances de derrame e, por isso, os cuidados devem ser redobrados", alerta o neurologista Maurício Hoshino, do Hospital das Clínicas e Santa Catarina. Conheça esses fatores e saiba como combatê-los, além de ficar atento aos sintomas.

Pressão alta
A pressão alta ocupa o topo do ranking de maiores causas de acidente vascular cerebral. O neurologista André Lima explica que as paredes internas das artérias sofrem traumas por causa do fluxo do sangue mais forte. "Esses traumas formam pequenos ferimentos nas paredes, que podem obstruir a passagem do sangue (AVC isquêmico) ou romper a parede da artéria (AVC hemorrágico)", explica. É possível, entretanto, controlar a hipertensão com medicação e hábitos saudáveis, como reduzir o consumo de sal da alimentação e praticar exercícios.

Fonte: MSN

Ex-presidente Lula está com tumor na laringe, segundo hospital


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está com um tumor na laringe. O diagnóstico foi fechado hoje durante a realização de exames no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Após uma avaliação feita por uma equipe médica multidisciplinar, o hospital definiu como tratamento inicial a quimioterapia, que deve ter início nos próximos dias. Em nota, o Sírio-Libanês informou que "o paciente encontra-se bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial".

A equipe responsável pelo acompanhamento de Lula é coordenada pelos médicos Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, Luiz Paulo Kowalski, Gilberto Castro e Rubens Brito Neto.

.

.