segunda-feira, 25 de junho de 2012

Chávez interrompe envio de petróleo ao Paraguai

Presidente da Venezuela, Hugo Chávez
Em um duro revés para o governo do novo presidente do Paraguai, Federico Franco, a Venezuela anunciou neste domingo que vai interromper o envio de petróleo ao país. O presidente Hugo Chávez ainda ordenou a retirada do embaixador venezuelano em Assunção – Brasil, Argentina e Uruguai também convocaram seus diplomatas instalados na capital. Enquanto isso, o presidente destituído do Paraguai, Fernando Lugo, anunciou que vai à cúpula do Mercosul, na próxima quinta-feira. – Vamos suspender o envio de petróleo, porque não vamos apoiar de forma alguma esse golpe de Estado. A partir deste instante, o ministro (Rafael) Ramírez tem ordens para cessar o envio de petróleo para o Paraguai – afirmou Chávez durante comemoração do Dia do Exército, segundo o site venezuelano “El Nacional”. O governo paraguaio, entretanto, afirma que não há motivo para alarme. Sergio Escobar, presidente da Petropar – a petroleira estatal do Paraguai –, disse que o país conta com 130 mil metros cúbicos de combustível em estoque, o que garantiria uma provisão por dois meses. Leia mais em O Globo.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.