quarta-feira, 16 de maio de 2012

Comissão da Verdade abre portas à conciliação, diz FHC

FHC
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso acredita que a instauração da Comissão da Verdade, voltada para esclarecer violações de direitos humanos ocorridas entre 1946 e 1988, vai permitir abrir as “portas para uma reconciliação”. Ele participou da cerimônia de posse dos sete integrantes da comissão, na manhã desta quarta-feira (16), no Palácio do Planalto, ao lado da presidente Dilma Rousseff e dos ex-presidentes José Sarney, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Collor. “Eu acho que a presidente (Dilma) falou por todos nós, é um dia importante para o Brasil, com esse espírito de reconhecer a verdade, guardar na memória e ao mesmo tempo abrir as portas para uma reconciliação. Aqui é uma questão de Estado, não é política. Uma coisa é a Justiça, outra a memória. E aqui se trata de ver a memória, a interpretação que cada um dará, mas os fatos são os fatos, a comissão tem de revelar os fatos”, disse. (Agência Estado)

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.