sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Wagner e Neto unidos contra pacote de João

O prefeito eleito de Salvador, ACM Neto (DEM), achou “naturais e positivas” as preocupações do governo do Estado em relação aos projetos que o prefeito João Henrique Carneiro (PP) encaminhou à Câmara Municipal na sexta-feira. “Há uma série de investimentos previstos para a cidade, em conjunto com a prefeitura e o Estado, que passam pelo ordenamento do solo e por questões ambientais. Decisões que têm que ser tomadas com cautela”, assinalou Neto. Em entrevista ao A Tarde, o secretário da Casa Civil do governo, Rui Costa, revelou temor de que os sete projetos de lei propostos por João impactem negativamente nas obras que o Estado fará na capital, a exemplo das vias estruturantes, da orla e do metrô e seu entorno. Costa disse que o governo estadual está analisando as propostas e que o governador Jaques Wagner (PT) pedirá aos vereadores da sua base, caso seja necessário, que não votem os projetos. O secretário considera que não é “conveniente” nem “prudente” encaminhar projetos de reestruturação da cidade em final de governo. ACM Neto também disse “estranhar” que só agora, faltando pouco mais de um mês para o término do mandato do prefeito, as proposições sejam encaminhadas para aprovação dos vereadores. “São projetos de grande impacto na cidade, que não podem ser votados sem debate e a transparência devida com a sociedade”, afirma. Leia mais em A Tarde.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.