segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Barreiras: Funcionários da saúde entram em greve

Os funcionários da saúde do município de Barreiras, através do Sindicato dos Servidores Municipais (Sindsemb), estão em greve desde domingo, 25, mantendo abertos apenas os serviços essenciais como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Posto de Atendimento 24 Horas e o Hospital Eurico Dutra. A principal reivindicação é pagamento dos salários de outubro para a categoria, pois que até domingo apenas uma parte deles tinha recebido os proventos do mês passado, da mesma forma como ocorreu em outubro, com os salários de setembro. O Centro de Atendimento Leonídia Ayres de Almeida, onde se concentra a maioria dos serviços médicos ambulatoriais oferecidos pelo município, apesar da greve, ficou aberto, mas foi procurado apenas por pessoas desavisadas do movimento. Um dos departamentos mais procurados no local, o laboratório Municipal de Análises Clínicas, permaneceu de portas fechadas “e vai ficar assim até o fim da greve”, conforme o técnico em laboratório Gilberto Muniz. ”Cheguei de viagem ontem de noite (domingo) e não sabia que estavam em greve. Preciso pegar o resultado de uns exames para minha mãe, mas agora tenho que esperar”, afirmou o trabalhador rural Jucelio Magalhães, preocupado com a saúde da mãe, “que depende dos exames para conseguir uma nova receita médica”, lamentou. Leia mais no A Tarde.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.