terça-feira, 24 de abril de 2012

ACM Neto confirma pré-candidatura a prefeito e chora ao lembrar do avô

O deputado federal ACM Neto (DEM) lançou oficialmente seu nome como pré-candidato do partido durante o Encontro Nacional da Militância do DEM, no Fiesta Convetion Hotel, nesta segunda-feira. “Estou diante de uma convocação nacional e estadual do meu partido, mas foram as palavras que vieram das ruas que me fizeram assumir essa pré-candidatura. Em 2010, as condições políticas eram outras e era mais fácil tomar uma decisão e me lançar como candidato natural do Democratas e a coisa que fez eu me fez sentir vivo foi ter disputado a eleição naquele ano. Hoje me sinto muito mais preparado para assumir esse desafio”, declarou ACM Neto em discurso, apontando para a campanha.
Sobre a tão discutida unidade das oposições, o Democrata afirmou que as negociações continuam com os partidos interessados, mas que sua legenda precisava se posicionar, principalmente devido a proximidade das eleições municipais. “O DEM vai continuar dialogando com todos os partidos para tentar vencer ainda no primeiro turno, mas se isso não for possível que todos os partidos da oposição saibam que o objetivo é o mesmo: não deixar que o PT se torne uma hegemonia. Vamos mostrar que não é com disputa que se resolve os problemas do povo. Na condição de pré-candidato do Democratas vou procurar todos os partidos e apresentar a nossa proposta”, afirmou.
Durante o discurso inflamado, o deputado lembrou-se do tio, Luis Eduardo Magalhães, que no dia 21 de abril completou 14 anos de falecido. “Se ele tivesse vivo com certeza seria o presidente do Brasil”, afirmou ACM Neto, que chorou ao ler trechos da carta de apoio do escritor Jorge Amado ao então prefeito de Salvador, Antonio Carlos Magalhães, seu avô, de quem herdou o nome. “Eu não posso errar, não tenho o direito de errar e não vou errar”, finalizou com lágrima nos olhos. ( Politica Livre )

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.