sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Desemprego continua a crescer em Ibicaraí



O relatório sobre emprego e desemprego divulgado nesta quarta-feira (21) pelo Ministério do Trabalho não é nada animador para Ibicaraí. Em julho, o município perdeu mais dois postos de trabalho. O saldo negativo foi resultado de 27 contratações contra 29 demissões. Os números consideram apenas o trabalho formal com carteira assinada.

Entre os 29 demitidos, 21 foram sem justa causa, com destaque para os trabalhadores em fazendas de cacau. A situação só não foi pior porque as obras de pavimentação de ruas contrataram 12 pessoas em julho e demitiram quatro, contribuindo com um saldo positivo de oito empregos formais no município.

Em janeiro, Ibicaraí tinha 1.260 trabalhadores com carteira assinada. Desde então, perdeu 29 postos de trabalho, terminando o mês de julho com 1.231 empregos formais. A situação dos municípios vizinhos também não é nada confortável, com um saldo acumulado na região de 1.309 empregos perdidos no ano.

Em Ibicaraí, as funções que acumulam maior saldo negativo em 2013 são vendedor do comércio varejista, servente de obras e trabalhador na agropecuária e lavoura de cacau. O que tem salvado o emprego formal na cidade são as obras de calçamento das ruas, que geraram 23 empregos no ano. (José Calazans)

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.