sábado, 4 de maio de 2013

VIOLÊNCIA E CRIME BRUTAL EM TEIXEIRA DE FREITAS


Na noite de sexta-feira, uma briga entre vizinhas por causa dos seus filhos acabou na morte de Maria Aparecida Ferreira da Silva, 26 anos de idade, que morava no Bairro Luís Eduardo Magalhães, Teixeira de Freitas, há aproximadamente 15 dias. 
Maria Aparecida estava na referida rua conversando com um travesti, quando uma mulher identificada pelo prenome de Soraia se aproximou dos dois e começou a discutir com Aparecida. Segundo relatos de populares, Soraia dizia que “Maria Aparecida havia batido no filho dela e que isso não iria ficar assim”. 
Em seguida o travesti saiu e a Maria Aparecida deu as costas e ia saindo, quando Soraia desferiu dois golpes de faca nas costas da vítima e depois um golpe no peito, fugindo em seguida. A mulher não resistiu e morreu ainda no local. 



Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.