terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

“Isso é mais uma fraude”, diz Imbassahy sobre ponte Salvador-Itaparica

Sobre a movimentação petista para a construção da ponte Salvador-Itaparica, o deputado e ex-prefeito de Salvador, Antonio Imbassahy (PSDB), classificou como ficção e, indiretamente, alegou que se trata de projeto eleitoreiro. Em entrevista ao Política Livre, o tucano lembrou sobre a demora do governo do Estado para concluir a construção da passarela na Avenida Paralela, que faz a ligação entre o Centro Administrativo da Bahia (CAB) e o Estádio de Pituaçu. “Lamentavelmente, o governo que passou mais de três anos para fazer uma passarela atravessando a Avenida Paralela na direção do Estádio Pituaçu não tem nenhuma credibilidade para que a população confie que vai fazer uma ponte. Acho até que a ponte é um conto ou uma ficção”, retrucou o deputado. Na visão de Imbassahy, ao invés de o governo pensar na criação da ponte, os esforços poderiam ser concentrados em melhorias para o sistema ferry boat, alvo de críticas por parte da população que depende do transporte marítimo. Ele também disparou críticas pela contratação, sem licitação, de uma consultoria paulista, ao custo de R$ 40 milhões, para fazer o projeto de análise sobre a construção da ponte Salvador-Itaparica. “A realidade é o que pode ser visto no sistema ferry boat. Os usuários sofrendo e sendo sacrificados sem nenhuma medida efetiva para melhorar. Portanto, isso é mais uma fraude igualmente à que foi utilizada nas eleições de 2010 e que se tenta turbinar em 2014”, disparou o ex-prefeito.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.