quinta-feira, 5 de julho de 2012

Justiça suspende passaporte diplomático dado a filho de Lula

A Justiça Federal no Distrito Federal mandou o Ministério das Relações Exteriores suspender o passaporte diplomático concedido, no final de 2010, a Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A decisão, proferida nesta quinta-feira (5), ainda determina que a Polícia Federal apreenda o documento caso não seja devolvido. O passaporte diplomático, de cor vermelha, é destinado a autoridades, diplomatas ou pessoas que representem o “interesse do país” em missão no exterior e dá ao portador privilégios como atendimento preferencial nos postos de imigração e isenção de visto em alguns países. A decisão do juiz Jamil Rosa de Jesus Oliveira, da 14ª Vara Federal do DF, se baseou em ação do Ministério Público Federal, que argumentava que Luís Cláudio não se enquadrava nos critérios para obtenção do documento. Na ação, o procurador Paulo Galvão de Carvalho lembrou que o passaporte foi concedido três dias antes de Lula deixar a Presidência, em 28 de dezembro de 2010. (G1)

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.