quinta-feira, 5 de julho de 2012

Chávez retira adidos militares de embaixada no Paraguai por ‘ameaças’

Hugo Chávez
O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta quinta-feira que ordenou a retirada de militares destinados à embaixada de seu país no Paraguai, devido a denúncios de ameaças, “até de morte”, contra acusações de que estejam preparando um golpe de Estado em Assunção. De acordo com o jornal paraguaio ABC Color, que cita a agência EFE, Chávez disse que já foram retirados os “companheiros militares que estão cumprindo funções no Paraguai” como adidos da embaixada em Assunção, ao discursar em uma sessão especial da Assembleia Nacional por ocasião dos 201 anos da declaração da independência da Venezuela. “Há ameaças até de morte, ameaças contra nossa gente na embaixada, acusando a embaixada venezuelana de estar preparando um golpe”, declarou o chefe de Estado. (Último Segundo/Ig)

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.