quinta-feira, 17 de abril de 2014

Augusto Castro culpa Estado pela greve da PM e o aumento da violência



A violência no Estado da Bahia, que tem aumentado desde a decretação da greve dos policiais militares, é resultado da omissão do governador Jaques Wagner, que tem subestimado a revolta da tropa. A avaliação é do deputado Augusto Castro (PSDB), que considera que o governo teve tempo suficiente para se organizar e oferecer melhores salários e condições de trabalho aos policiais, assim como para nomear todos os aprovados nos últimos concursos. A decisão do governador de pedir apoio da Força Nacional também foi criticada pelo deputado, por não contemplar todos os municípios. “Pela greve passada sabemos que o número de assaltos aumenta quando a polícia cruza os braços e infelizmente o Exército não garante todos os cidadãos”, reclama Augusto, citando Itabuna e Ilhéus como exemplos de abandono. “ Se com a polícia a situação já assusta, com pelo menos três assassinatos a cada final de semana em Itabuna, com a greve a vira um caos” destaca, cobrando providências urgentes do governador para garantir o direito e ir e vir das pessoas em segurança.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.