domingo, 29 de janeiro de 2012

Negromonte favoreceu cidade em que sua mulher é prefeita, diz jornal

O ministro das Cidades, Mário Negromonte, que já figura entre os primeiros da lista de substituições que a presidente Dilma Rousseff deve fazer ainda no início deste ano, coleciona mais um motivo para sua queda. Reportagem publicada neste domingo pelo jornal Folha de S. Paulo revela que o ministro pediu ao Ministério do Turismo que beneficiasse com recursos o município administrado por sua mulher. De acordo com o jornal, em abril de 2011 Negromonte encaminhou um ofício ao então ministro do Turismo, Pedro Novais, informando-lhe que os R$ 100 mil reservados do Orçamento de 2011 para uma emenda parlamentar de sua autoria deveriam ser destinados ao município de Glória, na Bahia, do qual Ena Vilma Negromonte é prefeita. No documento, reproduzido na reportagem, o ministro justifica que os recursos seriam utilizados para organizar festas juninas na cidade e assina como presidente estadual do PP (Partido Progressista) e deputado federal. Negromonte, porém, já estava no comando da pasta das Cidades há quatro meses, na época. (R7)

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.