domingo, 22 de dezembro de 2013

Ciclistas pedalam nus em protesto contra a fragilidade das bicicletas no trânsito



Com a cidade esvaziada de motoristas, atraídos para o litoral no período de festas de fim de ano, as ruas de Porto Alegre receberam sem obstáculos dezenas de ciclistas do Pedalada Pelada, evento que busca "mostrar a fragilidade daqueles que utilizam a bicicleta no trânsito". O passeio-protesto começou às 16h no Largo Zumbi dos Palmares, o Largo da Epatur, na Cidade Baixa, e transcorreu sem problemas, de acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). A manifestação, que já havia ocorrido em março, reunindo cerca de 200 participantes, faz parte da campanha global World Nake Bike Ride. Não é preciso tirar toda a roupa para entrar na pedalada, embora isso seja encorajado: a ideia é que o ciclista se sinta à vontade para tirar tantas peças de roupa quantas quiser. Em fevereiro de 2011, um grupo de ciclistas do Massa Crítica foi atropelado na esquina das ruas José do Patrocínio e Luiz Afonso, no bairro Cidade Baixa, na Capital. Dezessete pessoas ficaram feridas no episódio, que causou indignação em todo o país. O atropelador, Ricardo Neis, responderá a júri popular por tentativa de homicídio triplamente qualificado. (Zero Hora)

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.