quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Aécio repudia incitação à violência feita por líder do PT contra manifestantes pró-impeachment de Dilma

aecio7O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, condenou, nesta quarta-feira (28/10), a declaração de incitação à violência feita pelo líder do PT na Câmara dos Deputados, Sibá Machado, contra manifestantes que estão acampados em frente ao Congresso Nacional em apoio ao pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Em discurso, na Câmara, ontem, o deputado Sibá Machado chamou os manifestantes de vagabundos e disse que os colocaria “para correr”. “Eu vou juntar gente e vou botar vocês pra correr daqui de frente do Congresso. Vocês são vagabundos. Vamos pro pau com vocês agora”, afirmou Sibá Machado.
O protesto de Aécio Neves contra a incitação à violência foi feito após o confronto ocorrido hoje entre um grupo de pessoas e os manifestantes pró-impeachment. Segundo relatos, houve feridos.
“Uso essa tribuna para condenar de forma absolutamente veemente a incitação a violência promovida ontem pelo líder do PT na Câmara dos Deputados, que ocupou a tribuna não para buscar o entendimento para realocarmos aquelas pessoas que lá estão ou darmos paridade a outros que queiram se manifestar de forma contrária, mas ameaçando com aquilo que se consumou hoje, uma praça de guerra em frente ao Congresso Nacional”, afirmou Aécio Neves.
Aécio também pediu ao presidente do Senado que garanta a segurança de quaisquer manifestantes nas dependências da Câmara e do Senado ou na área em frente ao Congresso Nacional.
“São manifestações democráticas, legítimas, e obviamente deve ser preservada a integridade física de todos os manifestantes”, afirmou Aécio.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.