segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Venda de imóveis novos cresce 210% em novembro, mas acumulado tem retração

As vendas de imóveis novos cresceram 210,2% em novembro do ano passado na comparação com o mês anterior, mostra levantamento divulgado hoje (19) pelo Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP). Foram comercializadas 2.987 unidades residenciais na capital paulista, enquanto no mês de outubro foram vendidas 963 unidades. Em relação ao mesmo período de 2013, o aumento foi 7,3%, quando 2.777 imóveis foram negociados em novembro. O economista-chefe do Secovi-SP, Celso Petrucci, avalia que a forte alta se deve ao fato de que o mês de novembro teve a maior parte dos dias úteis. “Tivemos um mês completo. Calhou também de termos 6 mil unidades lançadas em todas as tipologias de dormitórios, em várias regiões da cidade. Tudo isso ocasionou esse número significativo de vendas”, declarou. Foram lançadas 6.301 unidades residenciais no período, um aumento de 169,7% em relação a outubro (2.336 unidades). Do total de vendas no penúltimo mês do ano, 1.165 eram unidades de dois dormitórios, 1.117 de um quarto, 555 de três e 150 unidades com quatro ou mais dormitórios. Embora o imóvel de dois quartos tenha sido o mais comercializado em números absolutos, o melhor desempenho foi das unidades com um dormitório. Dessa categoria, 13,6% da oferta foi vendida. As unidades de dois quartos atingiram o índice de 10,8%. Leia mais na Agência Brasil.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

.

.